Austrália

Estudos  |   Turísmo  |  


Todo cidadão brasileiro precisa de visto para entrar na Austrália independente do motivo de sua viagem. Os vistos mais comuns são o de estudante e o de turista que se adéquam perfeitamente com as necessidades da maioria dos brasileiros. Esses vistos fornecem direito de entrada no país tanto para quem pretende fazer turismo ou estudar por algumas semanas, quanto para quem pretende passar meses em um programa acadêmico, contando ainda com a possibilidade de trabalho e de renovação.

 

A entrada com o pedido do visto para a Austrália deve ser feita, preferencialmente, com 30 dias de antecedência ao embarque e não mais do que 90 dias.

 

É importante ressaltar que mesmo apresentando todos os itens que constam na lista, documentos adicionais poderão ser solicitados pelo Oficial que estiver avaliando seu pedido de visto.

 

A vacina contra febre amarela deve ser tomada com, pelo menos, 20 dias de antecedência ao embarque e é obrigatório portar a guia de vacinação internacional.

 

Confira qual visto mais se encaixa no perfil da sua viagem (consulte-nos para outros tipos de vistos)!



Visto de Estudante


O visto de estudante é a escolha certa para quem pretende estudar e trabalhar na Austrália, pois ele possibilita que o aluno trabalhe até 20 horas semanais durante o curso e, em período integral nas semanas de férias.

 

O visto somente será concedido para aqueles que pretendem fazer um curso de, no mínimo, 14 semanas de duração, com carga horária de, pelo menos, 20 horas por semana. Geralmente, a validade desse tipo de visto será o período de estudo, mais um mês de férias no final, sendo que ele poderá ser estendido por um período ilimitado dentro da Austrália.




Para solicitar o visto de estudante é necessário:


- Cópia Autenticada da Declaração de Imposto de Renda completo e atual, e do Recibo de Entrega do requerente ou patrocinador da viagem.

 

- Holerites ou DECORE com selo do contador dos últimos três meses do requerente ou patrocinador da viagem.

 

- Demonstrações de renda através de extratos de contas bancárias, extratos emitidos pela internet e/ou de aplicações (Comprovando uma aplicação financeira do último mês do requerente ou patrocinador). A Embaixada calcula uma média de, no mínimo, AUD$ 1.000,00 (hum mil dólares australianos) por mês de permanência no país.

 

- Carta de Suporte Financeiro assinada e com firma reconhecida (declaração do patrocinador ou responsável pela viagem do estudante se responsabilizando pelas despesas decorrentes da viagem).

 

- Cópia autenticada da Carteira de Trabalho ou Contrato Social do requerente ou patrocinador.

 

- Cópia Autenticada da Prova de Escolaridade (Diploma, Recibo do último pagamento da parcela escolar ou declaração da escola) do requerente.

 

- Carta de intenções manuscrita (informando os reais motivos da viagem e os benefícios da mesma) do requerente.

 

- Carta de férias ou licença do empregador autorizando a ausência do empregado durante todo o tempo que permanecer na Austrália.

 

- Para menores de 18 anos: Autorização dos pais para viajar desacompanhado (documento com firma reconhecida). Cópia autenticada da Certidão de Nascimento, Welfare Letter (Carta de Garantia de Acomodação) e Formulário 1229 devidamente preenchido e assinado pelos pais, além da cópia autenticada do RG ou passaporte dos pais.

 

- Passaporte assinado e com validade mínima de 6 meses.

 

- Comprovante da matrícula na instituição escolhida (COE – Confirmation of Enrolment).

 

- Formulários 157 A e 956 devidamente preenchidos e assinados.

 

- Exames a serem realizados em médicos credenciados pela Embaixada da Austrália.

 

- 3 Fotos recentes 5 x 7 (2 serão para o exame médico e 1 para o formulário do visto).

 

- Print de Reserva ou Cópia da passagem aérea.

 

- Pagamento da Taxa Consular (Cheque Nominal à Embaixada da Austrália) – Pago através de cheque administrativo ou de Pessoa Jurídica.

 

Observação: O visto de High School, por estar numa categoria diferente das demais, desobriga aos pais de apresentar a documentação de renda.

 

A critério do Oficial Consular, o visto pode ser válido por 01 mês ou mais, além do curso pago na Austrália, com Múltiplas entradas. Trata-se de uma determinação consular e os prazos de permanência podem ser concedidos com limitações ou com impedimentos de prorrogação, ainda que solicitado um prazo maior de permanência no país. Em se tratando de um menor de idade, a validade do visto será dado de acordo com a data emitida na Welfare Letter.



Estudos  |   Turísmo  |  




<< Voltar