Nova Zelândia

Estudos  |   Trabalho  |  


Os brasileiros que pretendem viajar para a Nova Zelândia por um período inferior a três meses para turismo e/ou estudos, não necessitam de visto.

Será necessário apresentar suas condições e documentos comprobatórios no momento do desembarque no país.

É o agente da imigração que irá aprovar ou recusar a entrada no país, além de determinar o tempo de permanência baseando-se nas condições apresentadas pelo visitante.



Visto de Estudante – Acima de 3 meses


Todo cidadão brasileiro que pretender estudar na Nova Zelândia por mais de três  meses, terá que obter o visto de entrada antes de viajar.

A entrada com o pedido do visto para a Nova Zelândia deve ser feita, preferencialmente, com 30 dias de antecedência ao embarque.




Documentos necessários:


- Passaporte, assinado, com validade mínima de 03 meses após a data da saída da Nova Zelândia.

- 01 fotografia 3x4 cm recente (não há necessidade de ter data).

- Cópia autenticada do RG.

- Carta de intenções explicando os motivos pelo qual deseja visitar a Nova Zelândia. Não há necessidade do reconhecimento de firma da assinatura, mas preferencialmente que ela seja manuscrita.

- Print de reserva ou cópia da passagem. (ida e volta).

- Carta de aceitação da escola na Nova Zelândia (Oferta de vaga).

- Homestay ou garantia de acomodação.

- Recibo de pagamento da escola na Nova Zelândia.

- Formulário “Student/Permit Aplication”, assinado e preenchido.

- Formulário “Financial Undertaking” (Comprovação Financeira) assinado pela pessoa que estiver patrocinando a viagem e pelo gerente do banco onde essa pessoa tem conta (carta de idoneidade, caso o gerente do banco não assine).

Enviar juntamente com o formulário, os extratos de qualquer tipo de aplicação financeira dos três últimos meses (onde se comprovem os fundos necessários para o sustento do estudante – investimento, conta corrente e conta poupança), além do comprovante de renda, do último Imposto de Renda, dos três últimos contra-cheques da pessoa que estiver patrocinando a viagem  e, por fim, a carta custeio, onde o patrocinador vai se responsabilizar por todas as despesas que decorrerem dessa viagem.

- Prova de atividade e disponibilidade financeira: O requerente de visto deve comprovar sua atividade e disponibilidade financeira através dos documentos abaixo informados:

- Cópia autenticada da prova de escolaridade (Diploma, certificado de conclusão ou recibo do último pagamento escolar).

- Cópia autenticada da Declaração de Imposto de Renda com o Recibo de Entrega.

- Cópia autenticada dos 03 últimos extratos bancários comprovando a disponibilidade financeira (INVESTIMENTOS QUE SUPRAM NO MÍNIMO O EQUIVALENTE A NZ$ 10 MIL AO ANO)

- Se empregado: Cópia autenticada da Carteira de Trabalho com os 03 últimos holerites.

- Carta de férias ou licença do empregador autorizando a ausência do empregado durante todo o tempo que permanecer na Nova Zelândia.

- Se empregador: Cópia autenticada do Contrato Social e a última alteração contratual, além do DECORE emitido pelo contador informando as 03 últimas retiradas mensais.

Se depender de um patrocinador para a comprovação de renda, se faz necessário a apresentação dos itens acima listados como prova de atividade, juntamente com uma carta custeio, onde o patrocinador vai se responsabilizar por todas as despesas que decorrerem de sua viagem.

Todo requerente de visto que frequentar um curso de 24 semanas ou mais, deverá realizar radiografia do tórax, nos médicos credenciados, através do formulário X Ray Certificate.  Para o estudante que pretende frequentar 12 meses ou mais de curso, deverá realizar exames médicos completos.

O requerente de visto cuja idade for de até 18 anos, deverá apresentar também uma autorização de viagens com reconhecimento de firma das assinaturas dos pais. Se o requerente pretender estudar por 12 meses ou mais, e tiver idade igual ou maior que 18 anos deverá apresentar atestado de antecedentes criminais.

Como turista ou com o visto de estudos emitido, não é permitido trabalhar na Nova Zelândia.



Estudos  |   Trabalho  |  




<< Voltar